Curiosidades do Mundo PET

Home    /    Curiosidades

Hamster Anão Russo: Phodopus campbelli

8 de Setembro de 2020

A espécie Phodopus campbelli (Thomas, 1905), popularmente conhecida como Hamster Anão Russo ou Hamster de Campbell, é um roedor nativo das pradrarias e regiões desérticas que vão desde o território da Mongólia, abrangendo a região norte e nordeste da China, chegando até a algumas regiões da Rússia.

Em ambiente natural, esses roedores constroem um sistema de túneis subterrâneos sob as pradrarias, onde geralmente estão localizadas as maiores densidades populacionais dessa espécie. A quantidade de túneis varia de 4 a 6, tanto em sentido vertical quando em sentido horizontal. O ninho geralmente é construído ao final de um desses corredores, e, como vivem em regiões de clima temperado, os materias que compões esses ninhos geralmente são isolantes, como palha, penas e pêlos. Próximos ao ninho, ao final de outro corredor, fica localiza uma espécie de “despensa”, onde são armazenados todos os tipos de sementes necessários para a subsistência desses animais, principalmente nozes (Cothran, 2004).

Dependendo da região onde se localizam, os hamsters da espécie Phodopus campbelli podem apresentar variações no que diz respeito a construção de túneis ou tocas. No extremo nordeste da China e parte da região da Sibéria (conhecida como Manchúria) os hamsters da espécie Phodopus campbelli podem compartilhar seus túneis com outras espécies de roedores locais (geralmente coelhos do gênero Ochotona sp.). Já na região da Mongólia esses roedores geralmente residem sobre o platô das pradarias, e não cavam suas próprias tocas, compartilhando as tocas disponíveis com roedores do gênero Meriones (Allen, 1938).

Os Hamsters Anões Russos são pequenos e sua pelagem é bem característica, curta e sedosa. Na região abdominal desse animal, a pelagem é de cor cinza claro, e, a medida que sobe para o dorso e cabeça, essa pelagem muda de coloração para uma mais marrom em tom de madeira. Uma faixa de pêlo mais escuro, quase totalmente preto se apresenta bem definida, iniciando entre as orelhas, chegando até a extremidade da cauda. As patas, assim como a parte inferior da cauda e a barriga apresentam uma cor mais clara, geralmente branco-acinzentado (Thomas, 1905). Essas características são observadas em animais em ambiente natural. Em reprodutores e lojas especializadas, são combinados exemplares de cores diferentes, que resultam em indivíduos totalmente distintos com as mais variadas colorações disponíveis no mercado. A espécie Phodopus campbelli (Hamster Anão Russo) é comumente confundida com a espécie Phodopus sungorus (Hamster Siberiano). As duas principais características físicas que distinguem o hamster anão russo de seu parente próximo são as orelhas de tamanho menor e a faixa preta dorsal geralmente é mais fina e bem definida (Allen, 1938).

Os hamsters de campbell são animais extremamente pequenos, com peso médio geralmente variando entre 25 a 35 gramas e comprimento total não ultrapassando os 10,5 centímetros. Os machos geralmente são pouco maiores que as fêmeas. Em ambientes naturais, esse hamster reproduz em média de 3 a 5 vezes por ano. Já em criadores, sua reprodução ocorre o ano inteiro (Ross, 1995). Uma ninhada de Hamsters de Campbell geralmente tem 5 filhotes, mas isso pode variar de 2 até 10 filhotes por gestação. A média de vida do hamster anão russo em cativeiro pode variar de entre 1 a 2 anos, com máximo observado de até 3 anos de vida (Cothran, 2004).

Os hamsters anões russos são roedores de hábitos noturnos em ambiente natural. Já em criadores ou mesmo em casa, podem adotar padrões cíclicos de sono (uma rotina), podendo estar ativos durante o dia e apresentar baixa atividade durante a noite, ou vice-versa. São animais bem ativos e se movem com muita rapidez. Na natureza, são classificados como uma espécie de vida solitária, vistos com outros indivíduos geralmente no período de reprodução (Cothran, 2004). Já em criadores, não apresentam problemas ao compartilhar o ambiente com outras espécies, não sendo indicado deixar mais de 2 hamsters no mesmo ambiente, visto que são animais territorialistas. Utilizam sua urina e fezes para demarcarem seus territórios (Tikhonova, et al., 1999).

 A dieta dessa espécie de hamster é principalmente baseada em sementes. Em ambiente natural, como são roedores onívoros, a dieta dessa espécie pode ser complementada com insetos, larvas, grama, flores, caules e cascas de plantas. Dentre as sementes que podem ser ofertadas para sua nutrição em cativeiro estão o milho, amendoim, aveia, girassol, legumes e algumas frutas (Ross, 1995). São encontrados no mercado mixes de sementes ou rações que frequentemente são suplementadas com minerais e sais.

Por possuir tamanho extremamente reduzido, temperamento moderado e manutenção extremamente barata, o Hamster Anão Russo é uma espécie amplamente indicada para proprietários que irão adquirir seu primeiro pet, o que não dispõe de um amplo espaço em suas residências, além de ser um animal de estimação particularmente ideal para crianças (Cothran, 2004).